COMUNIDADE DO BOM SOSSEGO

Padroeira: Nossa Senhora Aparecida

Ainda existe a casa da fazendinha onde José Úrsula Gomes viveu e onde nasceram seus 12 filhos. Esta casa foi construída pelo carpinteiro Vicente de Ramos, cunhado de José Úrsula.

A matriarca da Comunidade do Bom Sossego é Dona Margarida Gomes, viúva de José Úrsula Gomes, nascida em 10 de janeiro de 1919 (93 anos). Foi através de sua filha Teresa Emília Rodrigues, viúva de João Donato Rodrigues e mãe de 11 filhos que soubemos um pouco da história do local.

Os pais de Margarida foram Benedito Fernandes e Sebastiana Inocência da Mata e os avós paternos eram Joaquim Melquíades Gomes (Natural de São José da Lagoa) e Maria Pedra de Ramos. Todos já moravam no local, que anteriormente era conhecido como Derrubado.

A localidade é abastecida com a água do Córrego Derrubado, afluente da margem esquerda do Córrego do Piçarrão.

O local é cercado do verde das árvores, dos eucaliptos e das pastagens que cobrem as encostas das colinas da serra do Baú, divisando com o município de Antônio Dias.

A comunidade tem luz elétrica e água encanada. Há torres receptoras de sinais para TV e celular. No povoado, as ruas são pavimentadas com bloquetes.

A comunidade tem mais ou menos 40 casas.

A população local trabalha no Piçarrão, nas fazendas Amaralina, Rodeio, GT e outras menores.

D.Zinha, esposa de Salvador Batista, nos conta que no ano de 1981 eles compraram uma propriedade no Bom Sossego”, um cantinho de muito verde, um verdadeiro sossego.

Para ter acesso ao local eles passavam por um caminho estreito e uma pequena vila com casinhas simples e pessoas recatadas.

Logo entraram em contato com o prefeito Aristarco de Araújo reivindicamdo uma estrada para o local. A vila prosperou. As famílias foram se aproximando cada vez mais e a partir daí a 1ª Missa foi celebrada ao ar livre.

Zinha iniciou a catequese das crianças aos sábados. O terço era rezado todas as noites.

Foi feito um levantamento do número de crianças no local e uma escola provisória começou a funcionar na propriedade do Dr Edson.

A 1ª professora foi Salomé Rosário Batista. Ela ia e voltava todos os dias.

As aulas noturnas eram ministradas por Manoela Dias. Elas iam de ônibus até o viaduto do Piçarrão, de onde enfrentavam uma caminhada de 3km até chegar à escola.

Para voltar para casa após as aulas, Manoela descia a estrada sozinha, munida somente de uma lanterna, até chegar à estrada para pegar o ônibus de volta para a cidade.

Em 1984 a família de José Úrsula cedeu o terreno reservado para construção da igreja, para que a prefeitura construísse a nova Escola Estadual São Geraldo, funcionando com uma sala de aula multisseriada. Esse prédio atendeu também como centro social onde aconteciam as celebrações, a catequese, reuniões e festas da comunidade.

Em 2003, depois de desativada a escola, com a concordância da família de D. Margarida, o prédio foi adequado para funcionar como Posto de Saúde denominado “José Úrsula Gomes”, homenagem ao doador do terreno. O médico atende ali a comunidade duas vezes ao mês.

A primeira Missa na comunidade foi celebrada pelo português Padre Joaquim Patrício da Silva, em1987. Antes a Missa era celebrada na escola, hoje é no Posto de Saúde.

Um local está sendo providenciado para construir a igreja. A Cenibra doou um terreno para essa finalidade. Vantuil Rodrigues Júnior, líder comunitário, está providenciando a legalização dos documentos para poder iniciar a construção.

A comunidade está se movimentando para angariar recursos junto aos fazendeiros da vizinhança.

A Catequese é ministrada por Ana Paula e Ivanice.

Ivanice, filha de Vantuil, também é Ministra da Eucaristia.

Há Missa ou celebração no 4º domingo do mês.

 

Dona Margarida Gomes, falecida em 2012, e Teresa Emília Rodrigues

 

Fontes:

BAPTISTA FILHO, José - Adeus, São José da Lagoa

Entrevista com D. Margarida Gomes e Teresa Emília Rodrigues

Informações de Nilza Araújo (Zinha)

Livros Paroquiais

Livros Cartoriais

 

 
 
 
 
 
 

Paróquia de São José da Lagoa

Diocese de Itabira - Coronel Fabriciano

Rua Gustavo Lage; nº 40; Bairro Centenário, Nova Era - MG
www.paroquiasaojosedalagoa.com.br


A Paróquia     -     Agenda     -     Notícias     -     Fotos     -     Liturgia     -     O Paroquiano     -     Contato